Além-felicidade

A Letras num Papel escreve também votos de casamento ou dedicatórias especiais para alguém mais especial ainda! Este é um exemplo. Adocem os vossos corações e ofereçam as letras mais românticas que se podem ler num papel, eu ajudo! Contactem a Letras num Papel!

 

amor

in http://aisleperfect.com/2013/02/whats-your-love-language.html

Dizer que o amor que sinto por ti foi à primeira vista é estar a mentir. Na verdade, foi amor à primeira vista, ao primeiro cheiro, à primeira palavra, ao primeiro toque… Amei-te toda de uma vez e rezei para não se notar muito que me arrepiava a forma como tinhas sido feita tão à minha medida.

Dizer que gostei de tudo em ti é estar a mentir. O verbo gostar não foi feito para apreciar a perfeição dos teus olhos, para admirar a delicadeza dos teus movimentos, para avaliar a doçura que provo nos teus sorrisos. Prefiro dizer que amei tudo em ti e rezei para se notar um bocadinho que me arrepiava a forma como tinhas sido feita tão à minha medida.

Agora, aqui, neste momento em que prometo que é contigo que ficarei até tu me quereres, dizer que estou feliz é estar a mentir. Feliz não é adjetivo bastante para qualificar o meu estado, creio até que ainda não inventaram a palavra certa para caracterizar o que sinto e acredito que é por seres tão única; se houvesse mais pessoas como tu, de certeza que o conceito já teria sido inventado. E, enquanto te digo estas palavras, e te tento explicar o estado de além-felicidade que me provocas, olho para ti na esperança de já teres notado que me arrepia a forma como foste feita tão à minha medida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *